Revestimentos, mas não só

Partilhe

A preocupação ambiental

Em casa e no local de trabalho

A consciência ambiental é hoje, e cada vez mais, uma preocupação das sociedades mais desenvolvidas, com reflexos na mudança de atitude das empresas e dos cidadãos.

Estes, mais criteriosos na avaliação para a tomada de decisão da compra ou utilização de determinado produto ou serviço, pressionam assim as empresas a desenvolverem novos produtos com o menor impacto ambiental possível.

Para quem, a questão ambiental já faz parte do seu conceito de vida e a sua casa ou escritório não é excepção, neste artigo pode encontrar alguns materiais de revestimento existentes no mercado.

De uma forma geral, é nos processos de extração e/ou transformação da matéria-prima, que as empresas têm desenvolvido esforços para reduzir o seu impacto ambiental.

Existem outras ainda, em que a própria matéria-prima utilizada é ela mesmo ecológica, nomeadamente nos materiais de revestimento interior ou exterior.

Os materiais de revestimento que aqui apresentámos são: a cortiça; o OSB; o linóleo

A cortiça. . .  mais ecológico não há

Conhecida por todos, é mais associada à produção de rolhas e de pequenos artigos decorativos, do que ao sector da construção e outros.

É, no entanto, fácilmente reconhecida como “amiga do ambiente” e como imagem típica da planície alentejana pintalgada com sobreiros.

De recordar, que a cortiça é retirada da árvore manualmente sem a danificar, e que esta se regenera a cada 9 anos, sendo por isso um recurso natural sustentável.

Na construção, como em outras indústrias, a cortiça tem várias utilizações, beneficiando das suas múltiplas características:

isolante térmico e acústico; impermeabilidade; durabilidade; peso reduzido; absorção de vibrações; fácil utilização/manuseamento; reciclável.

Sendo já utilizada como componente térmico e acústico em pavimentos do tipo flutuante, a cortiça pode ser por si só, utilizada como revestimento.

revestimento em cortiça

Com várias espessuras, texturas e tons, é um revestimento que proporciona um bom conforto térmico mantendo a temperatura durante todo o ano, é mais suave do que outros revestimentos reduzindo o impacto no caminhar e, também por isso, na diminuição da transmissão de ruído. É também anti-bacteriano.

Para além disso é de fácil colocação, seja colado ou flutuante, com uma manutenção simples e com boa durabilidade.

A madeira. . .  OSB

Ainda pouco utilizada entre nós como revestimento decorativo, seja em pavimentos, paredes, tectos ou em mobiliário, a sua estética não é, talvez por isso, de gosto comum.

Com um aspecto natural, o OSB (Oriented Strand Board), é um aglomerado de partículas de madeira em camadas cruzadas disponível em placas com várias dimensões e espessuras.

revestimento e mobiliário em OSB

Apresenta boas caraterísticas térmicas e acústicas (ainda que não isolante), resistência à humidade, facilidade de utilização e de manutenção, durabilidade e preço atractivo.

Pela adição de resinas necessárias ao seu processo de fabrico, apresenta alguma resistência ao fogo.

Confere aos espaços um bom conforto térmico e acústico e, sendo uma boa opção em projectos de reabilitação, o seu uso pode também ser equacionado em construções novas.

Ao utilizar madeira proveniente apenas de reflorestações e não de árvores adultas, e sendo 100% reciclável contribui assim para a redução do seu impacto ambiental.

É muito utilizada em construções de madeira e na construção civil para forra de telhados ou de pavimentos para receber revestimento, em tapumes e também na indústria de embalagem.

Há linóleo e. . .  linóleo

Existem vários tipos de linóleo sendo que, de uma forma geral, são associados aos que são produzidos com derivados de petróleo, como o pvc.

No entanto, existem outros de excelente qualidade, produzidos a partir de matérias-primas naturais, e com menor impacto ambiental.

Estes, são produzidos com óleo de linhaça obtido da semente da planta do linho, resina de pinheiro, fibra de madeira, calcário e fibra natural da juta.

revestimento em linóleo

Em rolo ou em ladrilho, tem boas características térmicas, elevada resistência ao desgaste, grande durabilidade, é anti-bacteriano e de fácil manutenção.

É por isso, muito utilizado em escritórios, estabelecimentos comerciais, hospitais e clínicas médicas.

A variedade de cores, padrões e texturas, e o conforto térmico, pode ser uma solução – ainda que pouco usual – para espaços residenciais.

 

umseisum – pensa como um cliente ao trabalhar sempre com ele, e a seu lado

contacte-nos receba a nossa newsletter
Partilhe

portfólio global

Descubra outros trabalhos desenvolvidos pela equipa da umseisum

A carregar…

Ao continuar a usar este website, você concorda com o uso de cookies. Mais informação

Este website utiliza cookies. Os cookies são pequenos ficheiros de texto gerados pelas páginas web que visita. Estes contém os dados da sessão, que podem vir a ser úteis no website posteriormente. Assim, este website memoriza informações sobre a sua visita, o que poderá facilitar a sua próxima visita e tornar o website mais útil.

Fechar